MU-MIMO 4×4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa

À medida que o número de estações com capacidade para Wi-Fi 6 (STAs) continua aumentando, as redes sem fio construídas usando pontos de acesso (APs) Wi-Fi 6 de classe corporativa estão se tornando mais populares do que nunca.

Ao atualizar redes Wi-Fi legadas ou implantar novas redes Wi-Fi, o Wi-Fi 6 é a escolha óbvia para as empresas. No entanto, a equipe de gerenciamento de TI geralmente se preocupa em como selecionar os pontos de acesso Wi-Fi 6 mais adequados para seus requisitos de serviço, entre os vários tipos disponíveis. Eles também estão preocupados com a melhor maneira de implantar redes sem fio de alta qualidade.

Existem dois fatores críticos que afetam o rendimento, a capacidade de acesso, a capacidade simultânea e a largura de banda per capita de um AP, a saber:

  • Recursos de espectro de rádio (largura de banda)
  • Número de fluxos espaciais do AP (capacidade MU-MIMO).

MU-MIMO 4x4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa infraestrutura-de-ti

Uma analogia comumente usada para visualizar a largura de banda de frequência tem a ver com a largura de uma estrada. Da mesma forma, o número de fluxos espaciais pode ser considerado o número de viadutos. Você pode expandir a estrada ou aumentar o número de viadutos para melhorar o rendimento da estrada. No entanto, a expansão da estrada ocupará recursos adicionais de terra valiosos, embora a um custo relativamente baixo. Em contraste, aumentar o número de níveis de viadutos reutiliza habilmente os recursos da terra, mas o custo é muito mais alto.

Os espectros de rádio em redes sem fio são semelhantes aos valiosos recursos terrestres e geralmente são insuficientes em cenários de implantação de rede contínua. Portanto, adicionar fluxos espaciais pode ajudar a aumentar a taxa de transferência da WLAN. Um único rádio de um AP Wi-Fi 6 de classe corporativa suporta até oito fluxos espaciais, fornecendo uma taxa de transferência de até 9,6 Gbit/s.

MU-MIMO 4x4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa infraestrutura-de-ti

4 x 4 MU-MIMO: Recurso obrigatório para Wi-Fi 6 corporativa

Mais fluxos espaciais significam maior rendimento e maiores custos de hardware. Dessa forma, as empresas precisam escolher os APs com base em seus requisitos reais de serviço para a implantação mais econômica.

Modelos de serviço em constante mudança levam as empresas a selecionar APs com mais fluxos espaciais para implantação de rede Wi-Fi 6.

MU-MIMO 4x4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa infraestrutura-de-ti

No passado, serviços como navegação na web, e-mail, desktop em nuvem e streaming de vídeo 1080p dominavam o tráfego de rede em redes sem fio, com uma largura de banda por usuário de apenas 4 a 10 Mbit/s em média. No entanto, com o surgimento e popularização de novas tecnologias e serviços, como sistemas de escritório inteligentes, trabalho remoto, videoconferências e serviços cloud, aumentaram drasticamente os requisitos de largura de banda por usuário, de 8 Mbit/s para 50 Mbit/s, ou mesmo 100 Mbit/s. De acordo com os dados de teste da Tolly, se os serviços forem iniciados em 20 estações de trabalho simultaneamente, a taxa de transferência total de um AP Wi-Fi 6 MU-MIMO de classe corporativa 2 x 2 MU-MIMO em HE40 MHz é de apenas 210 Mbit/s, com uma média por usuário largura de banda de apenas 10 Mbit/s, claramente falhando em fornecer largura de banda suficiente.

Para alcançar um aumento de duas vezes na largura de banda por usuário, com o mesmo número de STAs simultâneos e mantendo os níveis de experiência, os APs Wi-Fi 6 de classe corporativa trabalhando no modo 4 x 4 MU-MIMO ou superior se tornam indispensáveis.

O acesso de estações de trabalho em grande escala leva as empresas a selecionar APs com mais fluxos espaciais em redes Wi-Fi 6.

MU-MIMO 4x4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa infraestrutura-de-ti

As redes sem fio gradualmente superarão as redes com fio

Obviamente, as estações de trabalho podem acessar redes sem fio a qualquer hora e em qualquer lugar, e o número de estações conectadas a cada AP aumentará significativamente. Antes da construção da rede, o conselho para a maioria das empresas deve ser planejar um mínimo de 30 a 40 estações de trabalho simultâneos conectados a cada AP, se os requisitos de produção e escritório da empresa devem ser atendidos. Conforme declarado anteriormente, se os serviços forem iniciados em apenas 20 estações de trabalho simultaneamente, a largura de banda fornecida de um AP 2 x 2 MU-MIMO Wi-Fi 6 de classe corporativa atende apenas aos requisitos de serviço de streaming de vídeo 1080p. Portanto, Wi-Fi 6 APs trabalhando no modo 4 x 4 MU-MIMO ou superior são essenciais.

 

Tipos diversificados de estações de trabalho levam as empresas a selecionar APs com mais fluxos espaciais em redes Wi-Fi 6.MU-MIMO 4x4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa infraestrutura-de-ti

As placas de rede Wi-Fi de estações de trabalho em movimento mudam de um fluxo espacial (1T1R: 1 x 1 MIMO) para dois fluxos espaciais (2T2R: 2 x 2 MU-MIMO). Estações de trabalho em movimento lançadas após 2019 geralmente suportam dois fluxos espaciais. Por exemplo, as placas de rede Wi-Fi da Huawei, Samsung, Apple e Xiaomi STAs são configurados com dois fluxos espaciais como padrão, e as placas de rede Wi-Fi de alguns PCs suportam três fluxos espaciais. Portanto, cada rádio de um AP Wi-Fi 6 de classe corporativa no modo 2 x 2 MU-MIMO pode suportar o acesso simultâneo de duas estações de trabalho com um fluxo espacial.

Quando estações de trabalho com dois fluxos espaciais são conectados, cada rádio de um AP Wi-Fi 6 de classe corporativa no modo 2 x 2 MU-MIMO pode processar serviços de apenas uma estações de trabalho por vez, o que não pode trazer os benefícios do MU-MIMO. Como tal, a largura de banda do usuário não pode ser melhorada.

MU-MIMO 4x4 – Importância desse recurso em redes Wi-Fi 6 Corporativa infraestrutura-de-ti

Conforme verificado por Tolly, quando duas estações de trabalho com dois fluxos espaciais acessam simultaneamente um único rádio de 5 GHz de um AP de classe empresarial 2 x 2 MU-MIMO Wi-Fi 6 em HE80 MHz, a taxa de transferência média de cada estação de trabalho é de apenas 327 Mbit/s, devido à contenção de recursos da interface aérea.

Quando um AP 4 x 4 MU-MIMO Wi-Fi 6 de classe corporativa é implantado no mesmo cenário, ele pode transmitir para até  duas estações de trabalho ao mesmo tempo. Como tal, a taxa de transferência média de cada estação de trabalho pode atingir até 604 Mbit/s. Simplificando, em cenários dominados por estações de trabalho com dois fluxos espaciais, os APs Wi-Fi 6 de classe corporativa trabalhando no modo 4 x 4 MU-MIMO ou superior são necessários para liberar totalmente o potencial do MU-MIMO.

Conclusão

Como o acesso totalmente sem fio já é um pilar para a transformação digital corporativa, a importância do Wi-Fi é autoexplicativa.

Claramente, as empresas devem considerar seus requisitos de serviço e evolução futura do serviço, bem como custos de atualização, durante a construção da rede. E o caso para escolher Wi-Fi 6, deve sempre considerar APs de classe empresarial em 4 x 4 MU-MIMO ou superior.

Finalizo recomendando alguns artigos sobre o assunto:

Qual são as vantagens do WI-FI 6

iMaster NCE: Software de análise e gestão de redes

Comments